Pilates na 3ª idade – renovando a qualidade de vida

Publicado em 16 de julho de 2019

Com o passar dos anos, a atenção com a saúde fica cada vez mais necessária. Nossos músculos, ligamentos, composição óssea e equilíbrio postural perdem força e qualidade ao longo do tempo. Deste modo, os exercícios na 3ª idade se tornam fundamentais na prevenção e restauração de uma boa forma.

Uma modalidade que aparece como opção perfeita para os idosos é o Pilates. Com base na sua filosofia, a prática atende as expectativas e proporciona resultados satisfatórios ao público, sem causar impactos e garantindo benefícios ao praticante, seja qual for sua idade e condicionamento físico.

Um ponto específico a ser destacado no Pilates é o seu papel auxiliando em recuperações de traumas e lesões. Para uma recuperação plena e no tempo certo, esses tratamentos contam com cuidados específicos e especializados, evitando riscos ou futuros males ao paciente. Após o fim do tratamento médico, o Pilates entra em ação como um aliado de peso nesse processo, ampliando os benefícios no ciclo de reabilitação.

Os movimentos do Pilates são corretivos e preventivos. A base da prática visa trabalhar todos os músculos, inclusive os mais debilitados, utilizando a própria anatomia do corpo. Assim, fortalecidos, alongados e estimulados para retornar à sua posição correta, corrigindo vícios e sequelas causadas por doenças ou traumas.

Fortalecimento de postura, articulações, equilíbrio, coordenação e flexibilidade, trabalhando corpo e mente, em uma forma que visa a evolução constante do praticante. O Pilates na 3ª idade trará de volta o bem-estar e a qualidade de vida que essa fase da vida merece.

0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments